7 versus 1

Aproveitando o jogo de hoje crio um post para acalmar os corações da torcida tupiniquim. Particularmente acredito que essa seleção seja capaz de ganhar, não apenas pela deficiência do time alemão, que vem desfalcado, mas pelo espírito desse elenco canarinho.

Gosto de seleções compostas por jogadores festeiros. Essa seleção possui muitos jogadores que ainda atuam no Brasil ou que pelo menos não esqueceram como se joga aqui, acho que estão com mais vontade do que aquelas cheia de “estrelas ” que atuam na Europa. Zagueiros mal encarados, linha de frente “alegre e irresponsável”. Assim nós ganhamos as copas. Assim quem sabe não teremos o único título que falta para o futebol brasileiro.

Então, antes do resultado, sendo bom ou ruim, resolvi empatar o placar do tenebroso encontro da CBF com a Alemanha. Assim vamos para o jogo não com sede de vingança, mas com o espírito olímpico de competir para ser uma seleção de ouro! Como? Com uma lista de estrelas do mundo cervejeiro.

Zerando o placar

7x1

Sabe que dizer que os alemães são os melhores na fabricação de cerveja, assim como os brasileiros melhores no futebol é uma comparação totalmente equivocada. Mas dizer que existem excelentes cervejas tanto lá quanto aqui é certo. Já apreciei algumas nessa minha trajetória e gostaria de compartilhar uma lista. Escolhi 8 tipos de brejas para apresentar para vocês. 1 é alemã e as outras 7 feitas por cervejarias brasileiras. Não é uma comparação, entendam bem. É só uma lista. Um 7 a 1 para você anotar no caderno e apreciar.

Sete Tupiniquins

1. Alt

O estilo difícil de ser encontrado é produzido pela Bamberg com alta fermentação, corpo leve e baixa carbonatação. De coloração escura avermelhada e espuma marrom persistente é fácil de ser bebida e muito complexa nos aromas com notas de frutas vermelhas, floral e caramelo e nos sabores de um frutado sutil, toffee, e caramelo, com amargor marcante do lúpulo de final seco. Harmoniza com pratos apimentados, gordurosos, carnes vermelhas e de caça.

2. Weizen

A cerveja de trigo harmoniza de forma excelente com peixes, frutos do mar, carne de vitela, saladas de folha, ovos com bacon, receitas com milho, salgadinhos de peixe como bolinho de bacalhau e também com comida japonesa. Na Brüder, a weizen é alaranjada, turva, de sabor frutado e leve amargor.

3.Weizenbock

A weizenbock produzida pela cervejaria Bierbaum (que aliás ganhou o título de melhor cervejaria da América do Sul na última South Beer Cup) é fantástica. É feita com malte pilsen brasileiro e 6 variedades de maltes alemães, além de 1 variedade de lúpulo alemão da região de Hallertau. Seu sabor de trigo (semelhante a pão) com aroma intenso de frutas escuras rendeu à breja 5 “Ouros” em competições na categoria. É uma cerveja que combina bem com carnes vermelhas, massas e grelhados.

4. Schwarzbier

Para produzir essa cerveja, a Falke Bier faz a torrefação do malte na própria cervejaria. E ela é uma micro. Batizada de Ouro Preto, a schwarzbier harmoniza bem com carnes vermelhas, chocolates amargos e apimentados e com os queijos como o Gorgonzola ou o Camembleu.

5. Bock

A Bierland fabrica uma bock que foi premiada mundialmente algumas vezes, inclusive com o ouro no último European Beer Star, realizado na Alemanha.  De coloração marrom com nuances avermelhadas, transparência opaca, e sabores maltados com aromas de nozes e avelãs, harmoniza bem com a brasileiríssima feijoada, com carne de panela e chocolate.

6. Germand Pilsner

Também é produzida pela cervejaria Dortmund  possui coloração amarelo-ouro, é encorpada, tem aroma suave de malte, amargor equilibrado e sensação residual de lúpulo.

7. Dunkel

Produzida pela cervejaria Cidade Imperial, apresenta cor escura, é espumante e tem leve sabor torrado. O perfil aromático é natural do malte, com toques de chocolate, caramelo, nozes ou toffee, não frutado.

Uma Deutsche

Escolhi uma tradicional weiss para representar uma alemã. A cerveja produzida pela Weihenstephanerna Bavária desde 1040, é fantástica. O nome é Hefe Weissbier e apresenta coloração âmbar, turva, com boa espuma. Com aroma adocicado e sabor frutado, picante, de um tostado muito sutil, é excelente para acompanhar carnes, massas e pratos leves em geral, além de petiscos alemães e brasileiros também.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta